Força antes de resistência? Qual a ordem correta?

Faça primeiro o seu treino de força e depois vá correr. Ou será que deve ser ao contrário?! Será que realmente importa a ordem em que fazemos os vários exercícios, ou é irrelevante em termos de sucesso dos treinos? Como em muitas outras questões a resposta não é fácil ao ponto de podermos dizer sim ou não. Tudo irá depender do seu objetivo final.

Se quer criar músculo e melhorar a sua força máxima…

Se o seu objetivo passa por construir músculo e/ou aumentar a sua força máxima, deve definitivamente começar primeiro pelo treino de força seguindo do treino de resistência. Nunca devemos praticar exercícios de construção de força quando os nossos músculos já se encontram fatigados. Não conseguirá trabalhar com a intensidade necessária para fornecer um estímulo de treino ideal.

Como, de vez em quando, acabará por ir levantar alguns pesos quando os seus músculos já estiverem cansados, o risco de lesão irá aumentar. Se cansar os seus músculos antes do tempo, a sua coordenação será afetada e os seus músculos estabilizadores serão enfraquecidos.

Mesmo assim, depois de uma boa sessão de treino de força, não será muito boa ideia ir para uma corrida de resistência. Poderá interferir com o processo de construção muscular. Lembre-se que o seu corpo precisa de muita recuperação para reparar e construir o tecido muscular.

Se quer melhorar a sua resistência…

Se o objetivo é melhorar a sua resistência, então faça primeiro a sua corrida e só depois vá para o seu treino de força. Para produzir um estímulo de treino eficaz, os seus músculos devem estar descansados antes de longas e/ou intensas sessões de corrida.

Os músculos ao estarem cansados antes de treinar vão afetar negativamente a sua performance e forma de correr. O que poderá levar à tensão e ferimentos nas articulações e músculos.

Se quer melhorar a sua aptidão geral…

Se este for o seu caso, pode basicamente fazer o seu treino de cardio e de força sem qualquer ordem em particular. Mas, mesmo assim, deve sempre definir um objetivo de treino para cada sessão. Assim, poderá retirar o máximo proveito de cada um dos seus treinos.

Se quer perder peso…

Muitas vezes, para quem quer perder peso, é recomendado que façam o seu treino de força antes do treino de resistência. A ideia é forçar o seu corpo a obter a sua energia, principalmente, das gorduras em vez dos hidratos de carbono durante a corrida. No entanto, o problema desta estratégia é que não pode terminar uma corrida de longa duração de alta intensidade num café a comer os seus bolos favoritos. Embora seja verdade que queima uma boa quantidade de calorias, a queima de calorias é relativamente baixa devido à baixa intensidade do treino.

Se está à procura de conseguir perder peso, um balanço energético negativo é fundamental: se queimar mais calorias do que as que consome, vai conseguir perder efetivamente peso. No final, o que importa é quantas calorias queima ao todo durante o seu treino. Espalhe os seus exercícios e treinos por vários dias. Dessa forma, pode fazer treinos de alta intensidade e queimar mais calorias e, ao mesmo tempo, dar ao seu corpo o tempo necessário para recuperar adequadamente antes do próximo treino.

Em geral, não deve fazer dois ciclos de treinos no mesmo dia. Vai conseguir melhores resultados, na sua força e resistência, se der ao seu corpo o tempo suficiente para recuperar. Se ainda desejar combinar o seu treino de força com o treino de resistência, então deve seguir a ordem mais adequada para o seu objetivo e, caso não tenha um, defina-o antes de treinar.

Leave a Reply