Whey Protein – O que é e como funciona?

A whey protein ou, se preferirmos, a proteína do soro do leite é um dos suplementos mais utilizados no âmbito do fisiculturismo, mais precisamente na recuperação muscular e crescimento da massa muscular magra. Porém, devido aos seus benefícios, este suplemento tem sido também utilizado por outras pessoas, como um simples suplemento dietético. Neste artigo, vamos verificar como a whey protein funciona e quais são as principais vantagens associadas ao consumo deste suplemento tão popular.

O que é a whey protein?

whey protein scoop

O leite é composto por duas proteínas, nomeadamente a whey e a caseína, sendo que uma corresponde à parte mais líquida e a outra à mais sólida. Quando a parte mais líquida do leite, a whey, é separada da caseína, por exemplo durante o processo de fabrico de queijo, ela é filtrada para remover outros potenciais ingredientes. Depois desta proteína ser purificada, remove-se a água e transforma-se a whey num pó, o qual é convertido em produtos de nutrição e suplementação e, posteriormente, consumidos.

Como funciona?

Segundo vários estudos científicos já realizados, a whey protein funciona mesmo, para os diversos fins a que se destina. Os seus efeitos positivos são inclusive defendidos pela experiência pessoal de diversas pessoas ligadas ao mundo da nutrição desportiva e do fisiculturismo.

A whey é considerada uma proteína completa. Além de ser digerida de forma fácil e rápida pelo corpo, a proteína whey contém 9 aminoácidos essenciais. O corpo humano recorre às proteínas para reparar os ossos, músculos, bem como outros órgãos e tecidos, daí a sua importância na recuperação física.

No caso concreto do fisiculturismo, além do aspecto da recuperação muscular, os suplementos à base da proteína whey quando conjugados com exercícios de resistência podem ajudar a promover a síntese protéica ao nível muscular, fomentando assim o crescimento da massa muscular magra. Estes ganhos musculares são mais associados à suplementação com a whey do que com a caseína, outra das proteínas que encontramos no leite e que está também presente em suplementos.

Quais são os benefícios da whey protein?

No campo da nutrição desportiva, como já verificamos, a principal razão do uso de whey protein prende-se com os seus benefícios na recuperação muscular, após o desgaste verificado nas sessões de treino, especialmente os de alta intensidade. Contudo, existem outros benefícios associados ao consumo desta proteína. Vejamos abaixo quais são:

  • Aumenta os índices energéticos para a prática de desporto
  • Ajuda a diminuir os níveis de colesterol
  • Diminui o risco de doenças cardiovasculares
  • Fomenta a perda de peso e gordura corporal
  • Melhora o sistema imunitário de pessoas com asma
  • Pode ajudar a prevenir o cancro
  • Promove a manutenção da massa muscular magra
  • Reduz a pressão arterial

Quando tomar a whey protein?

Para otimizar os efeitos positivos resultantes do consumo de um suplemento à base desta proteína, pelo menos no que concerne ao fisiculturismo, os mesmos devem ser consumidos após 30 a 60 minutos do final da sessão de treino.

A whey protein tem riscos ou efeitos secundários?

Na realidade, em condições normais, isto é, quando consumida em doses moderadas, esta proteína não causa efeitos colaterais. Contudo, quando for consumida em doses exageradas, pode realmente causar alguns efeitos adversos, como:

  • Cãibras
  • Dor de cabeça
  • Dores de estômago
  • Fadiga
  • Flatulência
  • Menor apetite
  • Náuseas

Além disso, pessoas com intolerância e alérgicas ao leite poderão eventualmente ter os mesmos problemas com o consumo da whey protein, pelo que nestes casos específicos deve-se ter alguns cuidados adicionais.

Em suma, a whey protein é um suplemento que realmente funciona, facultando diversas vantagens aos fisiculturistas e que, além disso, não apresenta efeitos secundários, quando tomado da forma recomendada, pelo que podem e devem continuar a ser consumidos pelos praticantes de musculação e outros atletas em geral.

Leave a Reply