Como Tomar Whey Protein

Apesar da whey protein ser um suplemento bastante utilizado pela maioria dos fisiculturistas, ainda surgem bastantes questões relacionadas com a melhor forma de tomar whey protein. Por isso, neste artigo vamos ver como tomar whey protein e porquê, de forma a constatarmos porque este é considerado o melhor suplemento no mercado para a recuperação muscular.

A importância da proteína

whey protein tomar

A proteína é um nutriente essencial para a vida, pois é responsável por várias funções no corpo humano, desde logo pelo suporte que confere à construção dos tecidos, células e músculo. Além disso, as proteínas são compostas por aminoácidos, muitos deles essenciais e que não podem ser produzidos pelo corpo humano, ou seja, só podem ser absorvidos através da alimentação, quer através de alimentos como o leite – onde encontramos as proteínas da caseína e da whey, a proteína em foco neste artigo – quer através de suplementos de nutrição desportiva.

Devido à sua importância para o corpo humano, é essencial que se mantenham níveis adequados de proteínas no corpo, de modos a manter o mesmo saudável.

Porquê a whey protein?

No âmbito do fisiculturismo, a whey protein surge com grande protagonismo devido aos seus benefícios para o atleta, quer para a recuperação muscular, quer no papel que acaba por ter na hipertrofia.

Para haver crescimento muscular é necessário que o nível protéico esteja equilibrado, isto é, é necessário que haja um equilíbrio entre a ingestão de proteínas com a degradação das mesmas. Além disso, para que a hipertrofia aconteça é necessário ter a conjugação do treino com pesos com o equilíbrio supracitado.

A whey protein ou proteína do soro de leite, uma vez que é a componente líquida do leite (a sólida é a caseína), tem um valor biológico mais elevado do que muitos alimentos, como a carne e o peixe, que são outras fontes de proteínas. Isto significa que esta proteína em particular é mais utilizada pelo corpo na formação de novo músculo, além de possuir mais aminoácidos essenciais, outra das suas características que podem propiciar a hipertrofia.

Como tomar a whey protein?

Não existe uma forma canónica de tomar a whey protein, pois depende significativamente do objetivo do fisiculturista ou atleta.

Em termos de doses a tomar, as mesmas devem ser reguladas consoante a indicação do produto específico que está a tomar. Normalmente, nos suplementos vêm indicações relacionadas com a proporção correta das doses a tomar.

Para efeitos meramente de recuperação muscular, é aconselhável que se tome a whey protein cerca de 30 a 60 minutos após as sessões de treino, especialmente as de alta intensidade, em que os níveis de proteínas ficam severamente degradados e necessitam de ser restabelecidos.

Pelo contrário, para efeitos de hipertrofia, deve-se tomar a proteína ao longo do dia. Alguns estudos sugerem mesmo que tomar cerca de 20g de três em três horas permite otimizar a síntese protéica muscular. Assim, o momento em que se toma pode afetar os seus benefícios. Por exemplo, um batido matinal de proteína whey pode ser uma forma de facultar nutrientes essenciais após uma noite de sono, além de se poder tomar com os alimentos do pequeno almoço. Por outro lado, também se pode tomar cerca de uma hora antes de adormecer, período em que a proteína será digerida muito lentamente, o que permite alimentar os músculos durante a noite.

É necessário não esquecer que a otimização do crescimento muscular baseia-se no período de descanso, daí que os níveis equilibrados de proteínas sejam tão importantes.

Muitos atletas optam por misturar o pó da whey protein com leite para fazer o batido. Como o leite já tem esta proteína, isto cria um suplemento protéico bastante forte quer para fomentar a hipertrofia, quer para ajudar na recuperação muscular.

Deste modo, como tomar a whey protein depende um pouco de si e, em particular, dos seus objetivos. Contudo, é certo que os suplementos à base desta proteína devem continuar a fazer parte integrante do dia a dia dos fisiculturistas, de modos a manter os seus níveis protéicos devidamente equilibrados.

Leave a Reply