Benefícios da creatina no aumento de massa muscular

A creatina é um composto de aminoácidos produzido pelo nosso corpo. Para que os rins, o pâncreas e o fígado a possam produzir precisamos de ingerir carnes, produtos animais e peixe. Há também no mercado suplementos à base de creatina já, que por vezes, a sua ingestão através da alimentação é insuficiente. E todos aqueles que pretendem ganhar massa muscular já ouviram falar da creatina. Se é o seu caso, explicamos-lhe de seguida os benefícios da creatina a este nível. Para já apresentamos de uma forma breve alguns benefícios da creatina.

Benefícios da creatina

beneficios creatina

  • Aumenta a massa muscular.
  • Previne doenças musculares.
  • Aumenta a performance.

A creatina é bastante benéfica na corrida, ciclismo, natação e musculação, nomeadamente, em exercícios rápidos e de grande intensidade.

E na verdade, treinos mais intensos, durante mais tempo é o que todos os desportistas desejam. A creatina aumenta a performance já que dá força quando se trata de exercícios rápidos e de grande intensidade e ainda aumenta a massa muscular.

Benefícios da creatina no aumento de massa muscular

Centremo-nos agora nos benefícios da creatina no aumento de massa muscular. Quem pratica musculação sabe que levantar pesos e fazer repetições são tarefas muito exigentes mas que efetivamente se traduzem num aumento de massa muscular. E é aqui que entra em ação a creatina. Esta substância vai permitir-lhe fazer um treino mais intenso já que aumenta a sua força. Conseguirá assim levantar pesos mais pesados e aguentará um maior número de repetições.

Mas como é que a creatina atua?

A maior concentração de creatina no organismo encontra-se nos músculos. A creatina melhora a capacidade anaeróbia uma vez que é usada pelos músculos para produzir fosfocreatina. Esta vai formar a adenosina trifosfato (ATP) no citoplasma celular, ou seja, vai originar energia. Quando os músculos se contraem precisam de energia e se houver creatina no organismo mais ATP pode ser produzido e a contração muscular pode continuar. Por outro lado, a creatina é ainda importante já que evita que o organismo use outro sistema de energia (glicólise) que terá como subproduto o ácido lático (grandes quantidades de ácido lático levam a que o músculo pare).

Mais energia, menor sensação de cansaço e maior intensidade do treino traduzem-se num aumento da massa muscular. Estudos realizados nas últimas duas décadas confirmam ainda que, depois do exercício físico, suplementos à base de creatina reduzem os danos das células musculares e a inflamação facilitando assim a recuperação muscular.

Se está rendido aos benefícios da creatina saiba ainda que esta, em situações de paragem da atividade física por períodos longos de tempo, permite manter uma maior quantidade de massa muscular. Os suplementos de creatina estão disponíveis sob a forma de pó ou cápsulas e a sua venda é permitida pela ASAE.

Quando ingerida a curto prazo por pessoas saudáveis e de acordo com a dose recomendada pelo profissional que o acompanha não faz mal. É importante beber água. Após a toma contínua durante um período de tempo é necessário fazer uma interrupção para que o organismo não para de produzir a creatina.

Leave a Reply